Um até breve para Amandinha

Quanto orgulho temos da nossa Amandinha. Sim, a nossa académica, fisioterapeuta, Leoa da Serra e melhor do mundo. Hoje o orgulho misturou-se com aquele aperto no coração pela partida. A nossa Amandinha vai rugir alto em outras paragens e nós seguiremos daqui na torcida. Vai Amandinha, teu caminho é iluminado assim como teu sorriso e tua dedicação a tudo que fazes. Estamos felizes por termos feito parte da tua vida!

Conheça um pouco do muito que foi a trajetória da Amandinha 

 

Uma trajetória regada a títulos e conquistas

Por Lúcia Chaves e Fom Conradi

Amandinha revolucionou a modalidade e colocou Lages no mapa do futsal. Relembre a história da camisa 10 com o Leoas da Serra

Depois de cinco anos, os lageanos não poderão mais desfrutar do talento de Amandinha. A melhor jogadora do mundo por sete oportunidades deixa a equipe órfã de sua magia a partir da temporada de 2022.

Ela chegou ao clube em novembro de 2016 e ajudou a revolucionar o Leoas da Serra, colocando Lages no mapa mundial do futsal feminino. A cidade de quase 200 mil habitantes entrou na rota da mídia e dos apaixonados pela modalidade por um projeto ousado, encabeçado por uma pequena gigante. Aos 22 anos e com apenas 1,58 metros de altura, Amandinha mudaria definitivamente a história do futsal em Lages.

Não à toa, ao anunciar sua saída, Maurício Neves de Jesus, fundador do Leoas da Serra, destacou: “Com Amandinha, deixamos de ser um time desconhecido para ser sinônimo de futsal feminino. E não há nenhuma frase dessa história que possa ser contada sem o nome dela”.

E de fato, a história da atleta com o Leoas da Serra se mistura. Amandinha chegou ao clube no fim de 2016 já com status de estrela, ao empilhar todos os títulos possíveis no Barateiro Futsal, clube que iniciou a carreira em 2011 e defendeu até 2016. Lá, foi pela primeira vez eleita a melhor do mundo em 2014 e ajudou a equipe do Vale a manter por vários anos a hegemonia da modalidade. Ganhou todas as competições que disputou, venceu por duas vezes o prêmio de melhor do mundo e foi campeã mundial com a seleção brasileira em 2015.

Amandinha se acostumou a ganhar troféus e com o Leoas da Serra não foi diferente. Em cinco anos em Lages, ela foi escolhida outras quatro vezes a melhor atleta do mundo. A primeira vez que atuou com a camisa do time lageano foi num jogo da Taça Brasil, com goleada do Leoas por 6 a 0 sobre o Estrela do Norte: “Espero contribuir”, disse a atleta, à época, ao comemorar o triunfo na nova casa.

Já no mesmo ano, em 2017, venceu os primeiros títulos pela equipe, com a conquista da Copa do Brasil e dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Já no ano seguinte, foram quase uma dezena de títulos. A atleta conquistou nove taças com a camisa lageana, entre eles o da Copa Libertadores da América. Um dos principais feitos, no entanto, ocorreu em 2019, quando ela foi peça fundamental na trajetória da equipe que se sagraria campeão mundial em jogos eletrizantes contra o Atlético Navalcarnero, da Espanha.

Até esse histórico 6 de dezembro de 2021, data do anúncio oficial de sua saída, foram mais de 20 títulos conquistados com a camisa do Leoas. Mais um grande feito eternizado pela melhor atleta do mundo: a cearense que revolucionou o futsal feminino, lotou ginásios e fez seus jogos serem transmitidos para o Brasil inteiro. E, agora, após cinco anos, se despede, de mãos dadas, do clube que ficará eternizado em sua história, assim como ela, com seus dribles mágicos, estará para sempre no coração de todos os lageanos.

 

Publicado em 06/12/2021.

Fone: 55 49 32511022
Av. Castelo Branco, nº170, Bairro Universitário - Lages - SC - Brasil
© 2022 - Universidade do Planalto Catarinense, desenvolvido por: Núcleo de Informática
s