Dia da Matemática: A ciência que explica porque estamos isolados

No dia 6 de maio é comemorado o Dia Nacional da Matemática. A data é uma homenagem ao matemático, escritor e educador brasileiro Júlio César de Mello e Souza, mais conhecido como Malba Tahan. Ele publicou 120 livros, sendo 51 dedicados à Matemática, incluindo o famoso “O homem que calculava”.

Malba Tahan ensinava Matemática por meio de atividades lúdicas e imaginativas. Usando personagens árabes, criava histórias e enigmas que despertavam a curiosidade nos alunos. Hoje, no Dia da Matemática, vamos fazer como ele e usar esse momento histórico de pandemia da covid-19 como uma ferramenta lúdica na aplicação dos conceitos matemáticos.

Para se compreender bem a transmissão do vírus e a importância do isolamento social, é preciso compreender progressão geométrica e função exponencial. Imagine a seguinte situação: se uma pessoa contaminada, transmitir o vírus para apenas duas outras pessoas a cada dia. E cada uma dessas duas pessoas transmitir o vírus para outras duas, no dia seguinte, de maneira sucessiva, no décimo dia, haveria mais de mil pessoas infectadas. Ou seja, a Matemática comprova que a propagação desse vírus é muito rápida, e cresce de modo exponencial. A matemática comprava, que mesmo que uma pessoa contaminada transmita para apenas outra, de um dia para o outro, o número de infectados dobra.

Do ponto de vista matemático, isso justifica a importância de manter o isolamento social, na medida do possível, pois impede que a transmissão ocorra de modo tão veloz, quebrando a lógica de um crescimento exponencial. 

A matemática também chega na forma da estatística, auxiliando nesse momento histórico para compreender o perfil das pessoas que estão com a doença. Isso ocorre no recolhimento, organização e análise dos dados, pois sem essas informações, não seria possível controlar o número de pessoas infectadas e nem as medidas de combate ao vírus seriam ineficazes.

Além disso, também tem a porcentagem, outro conteúdo matemático, que permite verificar o quanto tem crescido ou não o número de casos de um dia para o outro.  Perceberam? A matemática se aplica a tudo, inclusive ao controle de uma pandemia. E hoje é o dia dessa ciência tão essencial. É como dizia Malba Tahan: “A matemática, é a senhora que ensina o homem a ser simples e modesto. Ela é a base de todas as ciências e de todas as artes”.

Fone: 55 49 32511022
Av. Castelo Branco, nº170, Bairro Universitário - Lages - SC - Brasil
© 2020 - Universidade do Planalto Catarinense, desenvolvido por: Núcleo de Informática