Encontro de pesquisadoras do Projeto Internacional Estudos da judicialização da “violência de gênero” e difusão de práticas alternativas numa perspectiva comparada entre Brasil e Argentina

No dia 12 de fevereiro de 2019, das 14h até 16h30min ocorreu o encontro com o pesquisador responsável e coordenador geral professor doutor Theophilos Rifiotis (PPGAS/UFSC) e a pesquisadora e subcoordenadora Fernanda Cardozo (PPGAS/UFSC) e com a equipe de pesquisadoras do Grupo de Pesquisa Gênero, Educação e Cidadania na América Latina (Gecal/ Uniplac):  Profª. Dra. Mareli Graupe coordenadora local do projeto em Lages (PPGE/Gecal/Uniplac), Gabriela Feldhaus (bolsista do CNPq), Natielle Machado (bolsista CNPq), Prof. Dr. Geraldo Locks (PPGE/Uniplac),  Profª. doutoranda Jô Antunes (Uniplac),  Maiara Cardozo (assistente do Juiz Alexandre Takashima representando a 2ª Vara Criminal) e Veronica Ben (psicóloga policial representando a Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso – DPCAMI). 

O projeto de pesquisa interinstitucional e internacional “Estudos da judicialização da “violência de gênero” e difusão de práticas alternativas numa perspectiva comparada entre Brasil e Argentina” possui como objeto a judicialização e práticas alternativas de justiça no campo da chamada “violência de gênero”. E tem como finalidade aprofundar e sistematizar conhecimentos sobre práticas judicializantes de gestão de crimes no âmbito da “violência de gênero”, bem como propor diretrizes e alternativas ao campo das políticas públicas voltadas a tal área. Para tanto, prevê a parceria entre dez universidades (seis no Brasil e quatro na Argentina) com diferentes equipes de pesquisa – LEVIS (UFSC), NIGS (UFSC), Margens (UFSC); Gecal (Uniplac); GCS (UFRN), UFJF e Unipampa (Uruguaiana)  –, além de parceria com pesquisadoras no Brasil e na Argentina para a realização de pesquisas de campo em cinco municípios de médio porte no Brasil (Florianópolis, Lages, Juiz de Fora, Natal e Uruguaina) e em quatro municípios na Argentina (La Plata e Florencio Varela, situados na província de Buenos Aires; e Orán e Tartagal, pertencentes à província de Salta). Trata-se de uma rede multidisciplinar e multissituada.

 

Este encontro foi importante para a definição dos principais conceitos teóricos, perspectivas metodológicas e esclarecimentos de dúvidas sobre o desenvolvimento da pesquisa.

Fone: 55 49 32511022
Av. Castelo Branco, nº170, Bairro Universitário - Lages - SC - Brasil
© 2019 - Universidade do Planalto Catarinense, desenvolvido por: Núcleo de Informática