Acadêmica da Uniplac desenvolve sistema de Fossa Séptica Ecológica

A aluna do curso de Especialização em Desenvolvimento Regional Sustentável da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), Letícia Camargo de Souza, por meio do seu Trabalho de Conclusão de Curso, apresentou o Projeto de aproveitamento de resíduos sólidos na construção de fossas sépticas ecológicas como alternativa para minimizar o problema de saneamento básico.

"A situação do saneamento básico no Brasil é preocupante, os dados divulgados pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), mostram que 50,3% da população possui acesso à coleta de esgoto e somente 42% dos esgotos são tratados. Nas grandes e pequenas cidades o problema da falta de saneamento básico em relação ao esgoto é um problema caro e de solução complicada. A proposta desse projeto de pesquisa traz melhorias de forma mais econômica para populações de baixa renda, através da implantação de "fossa séptica reciclável", bem como um conhecimento mais amplo sobre saneamento e o que pode ser melhorado no bairro São Francisco, localizado na cidade de Lages/SC."

A instalação da fossa séptica reciclável foi feita em apenas uma residência, por motivos financeiros, sendo assim, o custo de alguns materiais foi de contrapartida do dono da residência. Por ser um bairro de baixa renda, se tornou inviável para algumas famílias.

A importância da instalação da fossa séptica em uma residência, não deixou de ser explanada por esse motivo. Pelo contrário, foi muito bem avaliada e ouvida, tendo a possibilidade de no futuro, outros moradores do bairro e até mesmo de outros locais possam usufruir desse sistema de tratamento em sua residência.

O trabalho teve a orientação da professora Juliana Amarante e trouxe a possibilidade de dar uma destinação adequada para resíduos sólidos como pneus e resíduos da construção civil, contribuindo com a questão de saneamento básico e sustentabilidade.

Fone: 55 49 32511022
Av. Castelo Branco, nº170, Bairro Universitário - Lages - SC - Brasil
© 2019 - Universidade do Planalto Catarinense, desenvolvido por: Núcleo de Informática